Treecom coworking

clube de negócios

A vida é feita de relacionamentos e eles podem gerar bons negócios!

Imagine que você tem muitos amigos e que todos eles podem contribuir para que você seja igualmente bem recebido pelos amigos deles. Seria ótimo, não é? Agora transfira essa situação para o campo dos negócios, onde, em vez de disputas ferrenhas, o que valesse fosse o apoio mútuo para oportunizar novas conquistas. Esse “delírio” existe, chama- -se Clube de Negócios, está em Joinville e há cerca de quatro meses conecta gente disposta a fazer sucesso na sua área de atuação

O Clube de Negócios surgiu nos Estados Unidos e há aproximadamente três anos chegou ao Brasil, primeiro em São Paulo e depois foi seguindo para as grandes capitais. A Joinville, o modelo foi trazido no segundo semestre de 2019 pela Treecom Coworking, estabelecida no Perini Business Park. 

Cada clube é formado por empreendedores, empresários e pessoas estratégicas da gestão dos mais variados ramos (transportes, engenharia, advocacia, contabilidade, seguros, publicidade, entre outros). É formado por até 15 empresas, com dois representantes cada uma. Em encontros semanais, compartilham-se experiências, conselhos, as sutilezas do mundo dos negócios e, acima de tudo, contatos pessoais qualificados

O plano agora é abrir mais dois clubes em Joinville ainda no primeiro trimestre de 2020. Serão grupos nos mesmos moldes, ou seja, pequenos núcleos de empreendedores e empresários que facilitem a comunicação e a interatividade. “No final, até a cidade vai ganhar, pois quanto mais negócios forem feitos, mais riqueza teremos circulando”, comenta Jonas Tilp.

“O combustível do clube é a vontade de ajudar o outro a fazer negócios. Mais do que servir-se do clube, cada um entra nele servir”, destaca Jonas Tilp, proprietário da Treecom e mentor da iniciativa. “Trabalhamos na construção de PUBLIEDITORIAL negócios a partir do relacionamento pessoal de cada membro do grupo. O primeiro clube, o Conexion One, já nos primeiros quatro meses proporcionou resultados reais a todos os integrantes, que tiveram portas abertas para fazer negócios, tanto entre si quanto fora do clube”

Outro ganho está relacionado à formação de um “conselho de negócios”. Segundo Tilp, no Clube de Negócios as pessoas são conduzidas a um tal grau de maturidade que passam a contribuir de forma imparcial e sincera nas observações, validações e críticas aos produtos, serviços e apresentações de cada empresa. “Afinal, tanto o sucesso quanto o fracasso são inspiradores para todo o grupo”, afirma o empresário

“Essa construção de ter um conselho de negócios de várias áreas vale ouro”, atesta Anderson Dresch Correa, da Ocotéa Filmes, membro do primeiro clube. Ele diz que já “afinou” negociações com membros do grupo e virou cliente de outros, mas destaca o peso das indicações e a oportunidades de interagir, apoiar e contribuir com seus colegas. 

Nós usamos cookies
Preferências de cookies
Abaixo, você pode encontrar informações sobre os propósitos pelos quais nós e nossos parceiros usamos cookies e processamos dados. Você pode exercitar suas preferências de processamento e/ou ver detalhes nos sites dos nossos parceiros.
Cookies analíticos Desativar tudo
Cookies funcionais
Other cookies
Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Saiba mais sobre nossa política de cookies.
Alterar preferências Aceitar tudo
Cookies